5 Passos Para Acalmar Seu Cão No Momento da Virada

Fogos01

 

Nessa época do ano muitos cães sofrem com medo do barulho causado pelos fogos de artifício e, por esse motivo, o momento da virada pode se tornar um momento de muita aflição tanto para os cães quanto para sua família humana.

Alguns cães tem um medo realmente extremo e nesses casos, infelizmente, nessa hora não há muito que se possa fazer além de preparar um local seguro para evitar que o cão se machuque e ficar alerta caso seja necessário intervir de alguma forma. É possível também consultar um veterinário comportamental sobre a possibilidade de administrar algum tipo de calmante, para amenizar o sofrimento do bichinho.

Em casos de cães que ficam desconfortáveis, é possível seguir algumas dicas para tornar esse momento um pouco menos assustador, porém, essas medidas devem ser PLANEJADAS COM ANTECEDÊNCIA para que possam realmente auxiliar de alguma forma.

Então aí vão 5 passos para acalmar seu cão no momento da virada:

1. Pratique uma atividade física com seu cão

Obviamente essa atividade deve ser feita durante o dia e não no momento dos fogos. Leve seu cão para um longo e relaxante passeio, corra com ele, brinque de bola, enfim, faça-o gastar energia e relaxar.

A atividade pode auxiliar no gasto de energia, redução da ansiedade e também no relaxamento ao longo do dia.

2. Faça uma massagem relaxante 

Antes de chegar o momento assustador, chame seu cão para perto e faça nele uma boa massagem relaxante. Isso pode ajudar a soltar a tensão muscular e favorecer o relaxamento.

3. Prepare o ambiente

Escolha um cômodo da sua casa que, além de seguro, possa manter o som externo mais abafado.

Se seu cão está habituado à caixa de transporte essa pode ser uma excelente hora para usá-la (leia o texto 4 Passos Para Seu Cão Amar a Caixa de Transporte para saber mais). Deixe a caixa num ambiente tranquilo e use um pano para abafar o som. Atenção! Cuidado para não deixar a caixa totalmente fechada e não torná-la quente demais. Você pode também colocar um brinquedo recheado com algo que seu cão ama dentro da caixa, isso pode ajudar a tornar esse momento mais agradável.

Caso você não tenha uma caixa de transporte ou seu cão não esteja habituado a ela, você pode arrumar um cantinho aconchegante para que ele se sinta melhor dentro do cômodo mesmo.

Estimule o faro do seu cão. Deixe petiscos saborosos escondidos pelo cômodo e deixe que ele procure. Você pode também oferecer aquele osso que ele adora (dê preferência aos defumados) ou um belo brinquedo recheado com algo muito saboroso.

Outra coisa que pode auxiliar bastante é deixar uma música tranquila e ambiente ou a TV ligada, isso pode auxiliar a abafar o som dos fogos.

Existe ainda no mercado a opção de feromonas em forma de difusor (Adaptil) que auxilia na criação de um estado de calma nos cães. Esse “aroma” (inodoro para pessoas e animais de outras espécies) é uma réplica da feromona que as cadelas liberam naturalmente aos seus filhotes, logo após o seu nascimento, para reconfortá-los e reforçar o vínculo entre a mãe e a sua ninhada. Esta feromona mantém o mesmo efeito calmante sobre cães adultos em situações estressantes. É importante lembrar que esse produto leva algumas horas para agir de forma completa no ambiente, então esse local deve estar preparado bem antes do momento da virada.

Outra opção é a chamada Thundershirt, uma espécie de colete que através de uma leve pressão ajuda a reduzir a ansiedade do cão, auxiliando em situações de estresse. A Thundershirt foi desenvolvida com base em estudos de Temple Grandin, PhD e Linda Tellington-Jones, PhD, duas renomadas pesquisadoras da área de bem-estar animal. Para que a Thundershirt ofereça algum suporte nessa hora é muito importante que o cão já tenha sido habituado ao uso do colete.

4. Ofereça suporte emocional, SIM!

Existe uma crença equivocada e bastante difundida de que, se o cão está com medo, não devemos dar qualquer tipo de atenção. Esse mito surgiu da crença de que, ao fazer isso, estaríamos reforçando o medo do cão e desta forma piorando ainda mais o problema.

Acontece que já foi cientificamente comprovado que emoções não podem ser reforçadas. Nós reforçamos apenas COMPORTAMENTOS. Ou seja, pense no seu cão como um amigo que está passando por um mal momento. Se sentir a necessidade de dar conforto emocional, não pense duas vezes! Mas lembre-se de também procurar manter a calma, pois, se ele perceber que você também está nervoso (a) pode achar que a situação é ainda pior.

5. Previna!

Se você sabe que esse dia vai chegar religiosamente todos os anos, não espere até esse momento para então fazer algo a respeito. Inevitavelmente os fogos irão acontecer, então, vamos preparar nossos cães ao longo do ano para que esse momento não seja tão assustador!

Se você tem um filhote, ele DEVE ser socializado, habituado e dessensibilizado a sons de vários tipos. Se você buscar um profissional que te auxilie nesse aspecto é muito provável que você não enfrentará problemas sérios com fogos ao longo da vida do seu cão.

Em cães adultos, esse medo deve ser trabalhado ao longo do ano para que, quando essa época chegar seu cão esteja mais habituado a esses estímulos e sofra menos. Também é importante comentar que esse tipo de sensibilidade tende a ser acentuada com o tempo caso não tratada. Procure um bom profissional que possa te orientar com a dessensibilização do seu amigão ao longo do ano.

 

Um comentário em “5 Passos Para Acalmar Seu Cão No Momento da Virada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s